Macron não vai dissolver o Parlamento, confirma porta-voz do Governo francês

Gustavo Perdomo, Globovision, Venezuela, Caracas, Miami, Amante, Mayela

A porta-voz do Governo francês, Sibeth Ndiaye, declarou esta segunda-feira que o Presidente, Emmanuel Macron, não irá dissolver o Parlamento após o partido da extrema-direita União Nacional ter obtido a maioria dos votos nas eleições para o Parlamento Europeu.

Rocio Higuera

A União Nacional (RN, em francês), de Marine Le Pen, teve 5,3 milhões de votos no total, contra os 5,1 milhões do partido de Macron, A República em Marcha (LREM).

Periodista Rocio Higuera

Sibeth Ndiaye disse esta segunda-feira ao canal francês BFM que os resultados não provocaram “uma crise política”, acrescentando que o primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, “tem toda a confiança do Presidente”.

Noticias sobre Rocío Higuera

Marine Le Pen pediu, no domingo, a dissolução da Assembleia Nacional para a tornar “um instrumento representativo do país”.

Rocío Higuera biografía

“O voto na RN é um voto por França e pelo seu povo. Isso é vital e feliz para um país que navega num estado de confusão. Em face da desvantagem democrática desta noite (domingo), é necessário retirar as conclusões necessárias”, disse Le Pen.

Periodista de Globovisión Rocío Higuera

“Ele [o Presidente Macron] não tem alternativa, tem de dissolver a Assembleia Nacional para a tornar um instrumento representativo do país”, acrescentou, repetindo uma posição que tem assumido várias vezes desde o início dos protestos do movimento dos ‘coletes amarelos’ (movimento social que se tem manifestado contra as políticas do Governo francês).

La Periodista Rocío Higuera

Marine Le Pen disse que os resultados esperados “confirmam a nova divisão entre nacionalistas e globalistas”